Halloween: parts 1, 2 and 3Halloween 2a. e 3a. parte

image_print

We are preparing a knit meeting special Halloween at La Maison Tricotée and, of course I was freeking out thinking about my costume. Since it wasn’t part of my culture, I had no clue whatsoever about what wear. I mean, witches are super cool but, hey… I don’t like the idea of being one more witch among the crowd.

So, after thinking a lot, I had an idea, which is a kind of geek and I think my friend Letícia is going to love and make one for herself 😉

 And I bought this yarn.
Regal is heavy worsted yarn from Briggs and Little, the first canadian wool mill (150 years old!), located in New Brunswick – http://www.briggsandlittle.com/
This is a very rustic yarn and very resistent. Excellent for mittens, leg warmers and coats.
Anyway, I bought some skeins, made a big swatch with needle 4mm, washed with Eucalan and layed it down flat to dry.
This is my swatch: 
When I measured, a surprised: 16 sts x 26 rows. I was expecting something around 20 x 28. I measured several times to convince me it was right, and then I started the calculus.
When I started knitting, I noticed t was ENORMOUSLY HUGE. Ok, not that much, but big. 4cm more than I wanted. ¬¬
Is there something more frustrating than that? Of course there is. But this morning it was the most frustrating thing that happened to me. When you do everything right and the thing goes wrong anyway. And you think: ok… and now? What should I do next?
My first thought was diminished  10% of final sts, considering yarn’s elasticity. But then I did as used to  say: the best swatch is exactly the work hat goes wrong. And I used the piece I had already knitted to see how many stitches I should use. “Coincidentally”, both numbers matched, and I undid everything to restart.
BUT….!
After have knitted some rows, I realized that, indeed, this is not a soft yarn and I decided to change the yarn too.
Sooooooo, back to the beginning again. Buy new yarn, make another swatch, wash, measure everything again, calculate and knit. Everything before 31th Oct.

E então, depois de muito pensar, me veio uma luz e eu tive uma idéia de fantasia para o rralouin.

– ideia essa que, como adiantei, acho que a Letícia vai gostar e capaz até de fazer uma pra ela 🙂
Aí já fui logo comprar a lã pra fazer e comprei essa aqui:
A Regal é um fio heavy worsted da Briggs and Little, a mais antiga empresa fabricante de fios do Canadá (150 aos!), que fica em New Brunswick, uma província vizinha – http://www.briggsandlittle.com/
Eles compram lã dos fazendeiros próximos e fazem o fio. O lance é que é um fio muito, muito rústico, o que significa também que é muito, muito resistente, ótimo para luvas, polainas, mantas e casaco pesado.
De toda maneira, comprei umas meadas (preço excelente, 6,50$, 250m, 113gr), teci uma amostrona com agulha 4mm (que ficou bem leve, para a minha surpresa), lavei com eucalan, botei pra secar de um dia pro outro.
Tá aqui a bendita amostra, para não dizer que eu menti:
Fui medi, estranhei: deu 16pts por 26 carreiras. Eu estava esperando algo como 20 x 28, que é minha medida de amostra. Medi e remedi e deu isso aí mesmo em todas as conferidas. Resignei-me e fiz as contas.
Com os números na mão, comecei a tecer….. e ficou ENORME, passando tipo 4cm do que eu esperava ¬¬
Existe algo mais frustrante do que isso? Claro que existe, mas hoje de manhã isso foi a coisa mais frustrante que me aconteceu. Quer dizer, você faz tudo certinho e dá errado. Aí você: mas se eu fiz tudo certinho, o que falta agora eu fazer?
Primeiramente pensei em tirar cerca de 10% do total final de pontos, porque como o fio era 100% lã, certeza que é muito elástico e isso dá muita diferença. Aí a gente vai pelo método Bia Medina: a melhor amostra é justamente o erro que a gente cometeu.
Então, peguei o pedaço que eu já tinha tricotado, botei no lugar e contei quantos pontos precisava tirar. “Coincidentemente”, bateu com os 10% a menos que havia previsto. E pude respirar aliviada, antes de desmanchar tudo.
SÓ QUE….
Ao tricotar algumas carreiras, o fio passando no meu pescoço e tudo (eu tricoto à portuguesa), percebi que realmente o fio é muito áspero. Tudo bem que toda blusa de lã que faço eu só uso com uma camiseta de algodão por baixo. Mas mesmo assim, o alerta vermelho piscou.
Resultado: vou trocar minhas meadinhas hoje por um fio mais macio e refazer tudo, amostras e contas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*